Domingo, 29 de Março de 2009

382

Há alguns anos recebi no meu e-mail um dos muitos textos que correm mundo cujo conteúdo dizia respeito à alegada oração de um jovem atleta norte-americano que havia ficado paralítico. Nesse texto, o seu autor declara ter pedido uma série de coisas a Deus, tendo recebido precisamente o oposto, algo que ele justifica como tendo recebido tudo aquilo que precisava e não tudo aquilo que queria.

Neste fim-de-semana dei por mim a pensar sobre acontecimentos da minha vida e, apesar de ter uma visão de Deus muito diferente da maioria, acredito que existe algo diferente do Deus que as religiões concebem, facto que me permitiu lembrar das palavras daquele tal texto que li há imenso tempo.

Pensando sobre a minha vida acabo por concluir que sempre tive um género de Anjo da Guarda por trás de mim a proteger-me de coisas em que outros provavelmente caíram e se desgraçaram. Acho que as coisas mais "chatas" na minha vida se devem a kharmas negativos que tenho, quer de vidas passadas, quer desta, onde fiquei a dever ainda mais do que já devia. Ainda assim, e apesar de tudo o que já fiz de errado e apesar de tudo aquilo porque passei, sinto que existe uma protecção "qualquer" que me impede de ter o mesmo destino ainda mais negativo do que os outros.

Tudo isto é contraditório quando por outro lado vejo que sempre que procurei o Amor, tive parte dele, mas acabei por ter o oposto. Sempre que procurei a Felicidade, ainda cheguei a provar o seu sabor, mas acabei longe dela. Quanto mais desejei Paz, ainda deu para cheirá-la, mas acabei por experimentar o tormento. Quanto mais quis uma coisa, pouco vi do que queria e acabava por me afastar para longe do que tanto pedia.

De há algum tempo para cá comecei a adquirir algo que creio ser fundamental para a nossa existência, o conhecimento. Conhecimento do que somos e do que nos rodeia, sem vermos tudo apenas do nosso ponto de vista. A ignorância fazia-me julgar que já era boa pessoa o suficiente e que tudo à minha volta era uma tremenda injustiça, sem perceber o porquê de tudo isto acontecer. Hoje vejo as coisas de outra forma e aquilo que quero, essencialmente, é tornar-me uma pessoa melhor. Tornando-me uma pessoa melhor, acabo por me beneficiar e beneficiar todos aqueles que me rodeiam.

Com o conhecimento que fui adquirindo, ou com a tomada de consciência, se assim lhe quiserem chamar, pude constatar que as coisas acontecem por um motivo, ainda que nós o desconheçamos. Possivelmente, em todas aquelas vezes que procurei o Amor, a Paz e a Felicidade, tive uma curta passagem pelos mesmos (ou julguei que tive) e acabei por experimentar o oposto, já para poder saber precisamente o que não queria, ou para que quando estas três características da "vida perfeita" vierem ter comigo eu saiba agarrá-las e honrá-las! Pensar assim, ajuda-me a sentir-me bem comigo próprio e a ser melhor para os outros.

De repente, não dou por mim a olhar para todos os que me rodeiam para ver se existe alguma alma neste mundo capaz de notar a minha presença. De repente, não dou por mim a querer que alguém veja o quão bom eu sou (ou posso ser). De repente, não dou por mim a exigir que reparem na minha boa disposição e que tudo gire à minha volta por um segundo que seja. De repente, dou por mim sem me preocupar com rigorosamente nada e a pensar apenas em fazer a minha parte na vida, sem pensar se alguém algum dia me agradecerá por ser uma alma de tão elevada qualidade! Com esta atitude, tenho afastado a tremenda pressão que recaía em mim e tenho começado a experimentar algo que creio até muito recentemente não ter: auto-respeito! Sim, respeito por quem sou.

Tenho consciência do valor que tenho e de tudo aquilo que tenho aprendido na vida mesmo quando andava cego ao ponto de pensar que tudo aquilo era uma injustiça. Não era. Tinha que aprender com todas aquelas situações. Porque fui protegido por algo "divino" em situações que a maioria das outras pessoas se desgraçaria? Não sei, mas desde já fica o meu obrigado. A mim cabe-me apenas ser uma alma melhor que faça o bem e se auto-respeite. Desta forma encontro tudo aquilo que sempre quis: Paz, Amor e Felicidade. O formato em que cada uma dessas coisas vem até mim não é igual ao das outras pessoas. Aliás, todos somos diferentes e não temos formatos iguais, o mundo é que pensa que seguindo padrões e modelos irá encontrar a felicidade que o vizinho do lado encontrou.

publicado por diariodeumfrustrado às 20:48
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Kika a 30 de Março de 2009 às 21:06
Olá! Olá! Adorei ler este post... Gostei de ver que há alterações a acontecer aí que me identifico também. É boa a sensação do auto respeito não é? Eu pelo menos gosto :) Estas 3 coisas Amor, Paz e a Felicidade estão dentro de nós, vais ver que tudo muda quando realizamos isso. E pelo que estou a ver estás no bom caminho. Continua assim e lembra-te que esse anjinho está ao teu lado sempre. Beijoka
De Fada a 30 de Março de 2009 às 21:33
" Boa noite , " Homem Mistério "

Parabéns !!Parabéns mesmo!

Ao longo dos dias que vão passando vou vendo um novo Rodrigo , mas um Rodrigo com força , diferente , mas o mesmo de sempre , onde por uns tempos andas-te perdido , ou simplesmente adormecido , com a vida , mas o que importa tudo isso !!
O importante é que tu te sintas bem , com essa força de vontade , de viver bem contigo mesmo , principalmente gostares de ti mesmo , isso sim é importante e acredito sim que todos nos temos um " Anjo Da Guarda " esse Anjo que nos segue para toda parte , que nos protege imenso mesmo se nos não o vemos ele està là ao nosso lado sempre..!!
Acreditando tambem que nada vem ao acaso , existe sempre uma razão para tudo o que nos acontece na vida , mesmo que por vezes sejam lições da vida tambem so assim aprendemos com ela , mesmo se é muito dificil por vezes ...Muita coisa para dizer...Mas falta-me o tempo como tu sabes , simplesmente te digo , Tu jà és um Homem bom , não precisas de mais , o bom é ter confiança em si proprio isso é o suficiente para cada um de nos ...

Gostei imenso de te ler.

Até breve!!

Com Saudades Beijo Doce

" Fada "
De acriativa a 30 de Março de 2009 às 22:03
Isto sim, é esperança! Esperança de ser e de ter o melhor! Simplesmente porque o mereces!
Gosto da alteração da tua forma de ver as coisas , chamaria a isto crescer!!!
grande
De Angi a 4 de Abril de 2009 às 20:29
Ola ...
Só passei para te dizer k adoro ler teu blog e que és uma pessoa excepcional. Continua assim, estás no bom caminho Beijinho
De ana a 6 de Abril de 2009 às 15:59
...e não é que o "meu" menino grande está a crescer!!!!

Orgulho...é o que estou a sentir agora....

Um beijo enormeeeeeee....

Comentar post

Eu

pesquisar

 

Setembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

Recente

438

437

436

435

434

433

432

431

430

429

Lágrimas passadas

Setembro 2015

Dezembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds