Domingo, 28 de Junho de 2009

386

Alguém sabe o quão dura é a solidão? Alguém sabe o que custa não ter ninguém para partilhar um momento (bom ou mau) quando supostamente devíamos estar no auge da vida?

publicado por diariodeumfrustrado às 23:23
link do post | comentar | favorito
|
18 comentários:
De teetee a 28 de Junho de 2009 às 23:45
Quem nunca o sentiu??
Aterroriza porque nos faz crescer, nos faz reflectir.. faz-nos ouvir uma voz silenciada por nós próprios e pelos outros, pela confusão, pela multidão, pelo som do rádio do carro!
Faz-nos olhar os casalinhos, detestar quando se beijam à nossa frente, faz-nos ter um gato para culmatar carencias afectivas, ter sempre um livro, um papel e um lápis como companhia na mesa do café... e torna-nos muito mais atentos, mais próximos da natureza
Há que saber lidar com o "estar connosco" (e eu ainda não sei), saber escutar-nos
De diariodeumfrustrado a 29 de Junho de 2009 às 20:17
É precisamente a isso que me refiro...
De Artemisa a 29 de Junho de 2009 às 09:10
Alguém? Tanta gente...
De diariodeumfrustrado a 29 de Junho de 2009 às 20:18
Às vezes parece evidente que sejam muitos, outras nem por isso...
De Artemisa a 29 de Junho de 2009 às 20:23
Nunca duvides, há mesmo muita gente nessa situação...
De Inês ;) a 29 de Junho de 2009 às 09:49
Bem, felizmente não posso dizer que sei!
E também não me vou por aqui a dizer que imagino.. Porque não imagino!!

Sinceramente não sei que te diga, nem o que fazer para te ajudar.. Não gosto de ver pessoas na tua situação... Mas não sei mesmo que tipo de palavras te podem ajudar...

Queres ser alguem melhor?
Não tens um hospital ou um ipo perto de ti!?
faz voluntariado!
Vive a realidade das outras pessoas!
Olha que isso vai fazer de ti uma pessoa bem melhor!
Além de conheceres pessoas, de te fazeres sentir util... Vais dar outro valor ás coisas!
Acho sinceramente que uma coisa desse genero te poderia ajudar. (digo eu!! lol mas quem sou eu né??!!)
È so uma sugestão.. Só queria ajudar!!


Beijinho
De diariodeumfrustrado a 29 de Junho de 2009 às 20:19
Já pensei várias vezes em algo assim. Sempre tive bom sangue e acho que a medula não é excepção. Falta sempre dar o passo final...
De NS a 11 de Julho de 2009 às 12:12
Mais uma vez peço desculpa pela invasão...

Gostaria apenas de dizer que procurar preencher o tempo não é a melhor solução.... já passei pelo mesmo, de me sentir muito sozinho, e então colmatava esse sentimento ocupando o meu tempo a trabalhar a estudar e fazer o que fosse de modo a nunca estar livre para pensar... na realidade, ajuda, mas em boa verdade, quando à noite nos aconchegamos na almofada, então continuamos sós... e ai a dor volta... não há gato, livro, papel, ou o bem aos outros que fizemos que nos valha... é como se algo nos roesse alma... a solidão é como o veneno que se entranha no corpo e destrói a alma...

Contudo, é sempre uma alternativa, muito embora a meu ver não seja a melhor...

Abraços
De soflor a 29 de Junho de 2009 às 18:05
sei....mas também já aprendi que por vezes podemos partilhar esses momentos com alguem desconhecido.
De diariodeumfrustrado a 29 de Junho de 2009 às 20:19
E é a mesma coisa?
De soflor a 29 de Junho de 2009 às 23:37
...quando a solidão é muito grande até as paredes têem ouvidos...
De Anónimo a 29 de Junho de 2009 às 18:31
sim.

mj
De diariodeumfrustrado a 29 de Junho de 2009 às 20:20
Sentes como eu. Re-bem-vinda, mj.
De L a 29 de Junho de 2009 às 20:14
Eu sei!!! Acredita que, neste momento, é isso que me está a destruir aos poucos... "quando supostamente devia estar no auge da vida"... Caramba, custa tanto...
De diariodeumfrustrado a 29 de Junho de 2009 às 20:20
Como custa...
De palavrasdesolidao a 1 de Julho de 2009 às 00:02
Sei sim! Infelizmente! Passei recentemente por uma separação, mas como me dei muito mal com a solidão e com o isolamento fiz-me à vida... Claro que nunca estive completamente só, tenho os meus filhos, contudo ser mãe não me impede de ser mulher. E foi como mulher que senti um vazio muito grande! Homens e mulheres foram feitos para estarem juntos, para se relacionarem e não para guerrearem ! Numa primeira fase isolei-me completamente, depois comecei a falar com um ou outro amigo, mas quem tem uma vida muito certinha não nos entende. O passo seguinte foi criar o meu blog para desabafar. Procurei também fóruns de discussão sobre o tema do divórcio e falei com algumas pessoas na mesma situação que eu. Depois senti muita necessidade de me sentir novamente mulher e inscrevi-me num "site de encontros". Foi muito bom voltar a ter o interesse de alguém, partilhar ideias com quem não se conhece é mais fácil e chegar à conclusão que há pessoas com quem temos alguma afinidade é muito bom. Fui deixando aos poucos de me sentir só, conheci imensas pessoas com que falo regularmente e estou neste momento muito apaixonada. Por quanto tempo? Não faço ideia, mas neste momento é o que menos me importa, pois com a minha separação aprendi a viver um dia de cada vez.
De la Niña de las Pompas de Jabón a 2 de Julho de 2009 às 22:25
Infelizmente sei o que isso é...
O pior é quando tentamos explicar o que sentimos e obtemos como resposta: "Não sei porque te sentes sozinha, tens os teus amigos". Sim, tenho, mas falta algo...
De Just Moments a 11 de Julho de 2009 às 14:33
Olá..

E quem nunca a sentiu?
O tempo é longo para os que esperam..e muitas vezes pela espera de algo, regugiamo-nos em nós..e atrás disso vem a solidão!

Uma bola de neve!

Gostei e voltei!

beijos

Comentar post

Eu

pesquisar

 

Setembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

Recente

438

437

436

435

434

433

432

431

430

429

Lágrimas passadas

Setembro 2015

Dezembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds