Terça-feira, 18 de Maio de 2010

408

Existem dois tipos de pessoas na minha vida: os que me amam e os que me odeiam. É verdade, soa a cliché, mas não é. Já me orgulhei muito deste facto e até bati com a mão no peito como que ratificando-o, mas hoje não penso desta maneira. Longe vão os tempos em que era bastante social. Hoje estou completamente afastado destes "palcos" e sou pouco dado a amizades. Sei, vejo e sinto que tenho grandes dificuldades em consolidar amizades.

Por norma, e voltando à primeira ideia, quem se cruza comigo não espera para me conhecer, antes assume uma de duas posturas:

a) "engraça" comigo e cai nos meus encantos;

b) fica desconfiado relativamente à minha pessoa, vendo-me como ameaça, potencial inimigo, pessoa digna de pouca confiança, etc.

Raramente, existem ainda aqueles que sentem "indiferença".

 

Com base na primeira imagem que têm de mim adoptam um destes comportamentos. A partir daqui, conseguir afastar esta imagem e mostrar simplesmente como sou pode revelar-se uma tarefa hercúlea! Ao longo de todos estes anos de vida que conto até agora sempre foi assim. A diferença é que antes não me preocupava com o que pensavam de mim. Actualmente dou por mim a pensar sobre "o que está errado em mim" para tentar mudar.

Algumas pessoas espalham magia por onde quer que passem. As pessoas ficam aos seus pés. Derretem-se. São quase aclamadas. Basta-lhes estarem presentes para serem requisitadas. Outros são completamente indiferentes e alvo de rejeição social. Depois temos os "meio-termo" que lá se vão adaptando às modas da sociedade.

Será que assim como existem as ditas feromonas, que alimentam a atracção entre homens e mulheres, alguns de nós também produzem e emitem um tipo específico de "hormonas" que leva a que a maioria das pessoas crie repulsa relativamente a nós? E os que "espalham magia"? Emitem outra "hormona" diferente desta nossa?

Sinto-me devastado por saber que não me dão a oportunidade para me conhecer e dos poucos que dão, alguns colocam-me sobre um regime de tolerância zero e à primeira potencial falha... já passei à história. Se no passado tinha força para enfrentar e vencer o mundo, neste momento sinto-me sem força ou motivação para ilidir as presunções que se criam e deixo que estas se formem nas minhas barbas, sem nada fazer...

publicado por diariodeumfrustrado às 21:15
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Inês ;) a 19 de Maio de 2010 às 08:31
Olá!!

Acho sinceramente que o que descreves serve para toda a gente!
Eu, tu, e toda a gente, "engraçamos" com algumas pessoas e ficamos de pé atraz em relação a outras.. Muitas vezes sem razão! E mais tarde descobrimos que fizemos uma apreciação errada.. Por isso é que acho compreensivel que algumas pessoas não gostem de mim ou de ti quando nos conhecem.. Não tendo nada a ver com o que somos.. È simplesmente uma opinião de alguem..

Acho que não se passa nada de errado contigo.. Ou melhor, passa-se.. Precisas é de olhar para a vida com outros olhos..!

Beijinhos
De Ana a 19 de Maio de 2010 às 09:14
Gostei mais da a)"engraça"comigo e cai nos meus encantos; afinal tens alguns encantos!!!
mas o maior e mais bonito é o que tens dentro de ti...e parece-me que tens muitos
bj

Comentar post

Eu

pesquisar

 

Setembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

Recente

438

437

436

435

434

433

432

431

430

429

Lágrimas passadas

Setembro 2015

Dezembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds