Sábado, 22 de Junho de 2013

435

A mulher portuguesa tem, regra geral, uma característica que a diferencia das restantes: acha-se demasiado boa para os homens. Se há coisa que mais me faz espécie é ver mulheres que se pavoneiam e andam na rua como se os homens fossem seres ignóbeis que, garantidamente, vão babar e olhar para elas que, segundo as próprias, estão acima de qualquer homem.

 

Mulheres, se um homem olhar para vocês, não o tomem como tarado ou como ser inferior. Mulheres, se um homem olhar para vocês, não virem a cara e levantem o nariz, de vaidade, nem ponham as trombas número 35 como se o homem estivesse a fazer-vos mal. Mulheres, não sejam convencidas, porque há muitas outras, sobretudo estrangeiras, que não precisam fazer essas figuras tristes para mostrarem que não o apreciam ou fingirem que não o apreciam.

 

Mulheres, se o homem olha para vocês, talvez ele possa simplesmente ter o hábito de olhar para as pessoas que estão perto dele. E, ainda que ele olhe para vocês como ar de quem gostou do que viu, a partir do momento em que vocês se fazem enjoadas e ficam trombudas e convencidas, ele vai perder todo o interesse em conhecer-vos melhor. Ele vai passar a olhar para vocês apenas como "a gaja que partia vezes sem conta e no fim oferece 5 euros pelo serviço prestado ou para apanhar o táxi de volta para casa".

 

Mulheres portuguesas, tsc tsc tsc...

publicado por diariodeumfrustrado às 20:55
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Fátima Soares a 22 de Junho de 2013 às 21:18
Hum... Concordo! Não em tudo mas pelo simples facto de "as nossas" mulheres (de Portugal ) terem mudado imenso. Antes eram tímidas e submissas (que também era um exagero) mas com a explosão da liberdade e assumirão de sexo (igual) é o salve-se quem puder elas são os "homens" hoje em dia! Algumas. Pensam que decidem, escolhem, usam, mastigam, deitam fora e pronto. E aí tem razão são umas convencidas e umas tristes. Mas como em tudo há excepções . Há mulheres bonitas interessante e inteligentes e que sabem o que também querem e quem são. Mas vestem-se com mais contenção, não lhes interessa o "chamativo" ou serem "predadoras" e essas diga-se a verdade os homens também nem reparam nelas ou são as que escolhem para amigas, mas aquelas amigas que vêem como outro "tipo" com quem podem desabafar e beber uma cervejola mas não para a conquista porque são chatas e as outras são mais apelativas. Enfim esta é a minha opinião de mulher vale o que vale. Acho que a sociedade portuguesa evoluiu para o que não devia. Não soube assimilar as coisas com a contenção e sobriedade que devia. Hoje é tudo um gaste-se e ponha-se em cima e toca a andar que amanhã já é tarde e isso acabou com muita coisa boa até com o romantismo e a sedução bonita que fazia o jogo de olhares ou aproximação interessante e belo. Bem, desculpa comentar e como sempre o extenso do comentário mas vi que tinha postado e como gosto de o ler... Tomei a liberdade de vir e expressar a minha opinião mas como digo vale o que vale. Um bom Domingo!
De diariodeumfrustrado a 22 de Junho de 2013 às 21:39
Eu só não percebo porque motivo se ofendem tanto as mulheres se os homens olharem para elas... e porque fazem estas figuras. E também não compreendo porque não pode um homem meter conversa ou não metem elas conversa com ele. Só neste país.

Comentar post

Eu

pesquisar

 

Setembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

Recente

438

437

436

435

434

433

432

431

430

429

Lágrimas passadas

Setembro 2015

Dezembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds