Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

312

Acredito em fases. Acredito que todos as temos boas e más. Acredito ainda numa fase masculina em específico: a "fase do mel". Não há homem à face da Terra que não tenha passado por aquela fase estranha, porém saborosa, em que somos o centro das atenções e das solicitações do público feminino por onde quer que passemos. Já todos passámos por isso e se houver alguém que me leia e que ainda não tenha passado, das duas, uma: ou nunca deu conta, ou a sua oportunidade ainda está por vir (animem-se!). Parece que estamos com "mel" (daí o nome) e andam ali as abelhas, os ursos, os homens (não apenas no sentido do género), enfim, parece que toda a gente nos quer. Chamem-lhe mel, chamem-lhe aura, chamem-lhe o que quiserem, o que é certo é que todos nós, homens, passamos por isto: dos mais feios e desajeitados aos outros contra os quais não dá para competir pois jogam na liga profissional e são daqueles que já nascem com uma bola nos pés, sabem os truques todos, as fintas, etc.

Esta fase não dura muito tempo e funciona como um torneio de artes marciais: temos que marcar pontos e para o conseguir temos que acertar no adversário se quisermos passar à fase seguinte. Alguns nem pensam duas vezes e lançam-se logo ao ataque (o que por vezes dá para o torto porque a precipitação deita tudo a perder), outros são mais calculistas e estudam a melhor oportunidade para pontuar, e outros há que tanto esperam e tanto hesitam que ou acabam por sofrer golpes do adversário ou perdem logo por ippon, acabando por ser eliminados e a ficar à espera de nova oportunidade para poderem mostrar que têm estofo para a competição.

Aqueles que marcam pontos, têm mais oportunidades para chegar ao primeiro lugar e aumenta, consequentemente, o número de frentes em que são chamados a competir no futuro. Para os que são logo eliminados por inércia ou incapacidade para pontuar têm um fim mais penoso: a "fase do mel" vai passar e dificilmente regressa. No entanto, alguns fazem por merecer uma segunda oportunidade para mostrarem que merecem competir ao mais alto nível e acabam por tê-la. Aqui fica um conselho para quem se integra neste último grupo: se deixarem passar a segunda oportunidade, esqueçam uma terceira e fiquem sozinhos para sempre. O objectivo neste "campeonato" não é coleccionar o maior número de mulheres possível, antes saber reconhecer a oportunidade para cumprir os fins propostos. Para alguns é, de facto, relacionar-se sexualmente com o maior número de mulheres possível, para outros é manter uma relação ocasional e para outros o objectivo é encontrar "a Princesa". Cumpram os vossos objectivos, mas não fiquem eternamente à espera da oportunidade certa. Pelo menos tentem desferir golpes quando julgarem adequado. Ainda que não consigam pontuar atingindo deste modo os propósitos a que se destinaram, pelo menos lutaram e esforçaram-se e isso também conta, mais não seja para vos manter na alta roda e quem sabe mais tarde consigam aquilo que tanto pretendem. Não deixem é passar a "fase do mel" como se fosse algum tipo de maldição!

publicado por diariodeumfrustrado às 20:40
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De demo a 25 de Novembro de 2008 às 21:13
O teu sentido de humor é " meloso", três posts muito divertidos....
Beijo
De Balzaquiana a 25 de Novembro de 2008 às 21:42
Bem dito e melhor descrito. ;-)
Mas mesmo que a princesa não apareça existem as aias.
Algumas delas bem mais humanas que a princesa.
Um abracinho
De Sara a 25 de Novembro de 2008 às 21:52
Gostei! :)
De FADA a 26 de Novembro de 2008 às 19:38
" Que lindo.. " Homem Mistério "

A " faze do mel " ummmmmm ok

Não sou uma princesa , mas sim uma fada ..

Queres casar comigo ?

Tentador que achas ?

......

Beijo doce
De antiego a 28 de Novembro de 2008 às 14:59
Tens um desafio no meu blog.
De Marta a 28 de Novembro de 2008 às 16:36
Olá

Essa da fase do mel nunca tinha ouvido ehehehehehe

Beiji nhos
De Anónimo a 29 de Novembro de 2008 às 14:12
Um bom post. Bem disposto mas bom e perto da realidade quase geral.

Comentar post

Eu

pesquisar

 

Setembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

Recente

438

437

436

435

434

433

432

431

430

429

Lágrimas passadas

Setembro 2015

Dezembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds