Domingo, 18 de Janeiro de 2009

337

Não tenho muito jeito para isto das relações pessoais. Ou sou cego, ou precipitado, ou simplesmente parvo. Quando vejo o mundo que me rodeia é tudo tão fácil: topo tudo a léguas, vejo tudo, percebo tudo e até me dou ao luxo de traçar cenários e soluções de jeito. Quando se trata de mim é o descalabro. É como disse logo de início: ou sou cego, ou sou precipitado, ou simplesmente parvo. Não me sei comportar com ninguém. Interpreto tudo ao contrário. Ajo irracionalmente. Resumindo: deito tudo a perder. Não tenho paciência para nada, mas ao mesmo tempo quero que as mesmas aconteçam; quero que tudo seja de uma determinada forma, mas normalmente sai-me ao contrário e amuo com isso; às vezes está tudo diante dos meus olhos e vejo um cenário negro quando a situação é favorável e vice-versa. Às vezes tento contrariar esta última tendência e quando vejo um cenário negro, lembro-me que por norma funciona ao contrário, ajo como se fosse favorável e afinal era mesmo negro. Tarde demais. Já dei outro tiro nos pés.

Isto das relações pessoais é mais complicado do que parece, apesar de dever ser simples. Temos que deixar as coisas correrem, mas ao mesmo tempo que que dar passos em frente; temos que simplificar, mas ao mesmo tempo temos que "saber jogar"; temos que fingir que não se passa nada, mas ao mesmo tempo temos que reagir. Quem foi que disse que conviver com o mundo era simples?

publicado por diariodeumfrustrado às 14:31
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De Isa_ a 18 de Janeiro de 2009 às 15:34
olá! desculpa invadir!!
já ouviste falar numas cenas chamadas "acaso", "sorte", "predestinaçao", "graal", "joshua", "verdade", "vida única", "o q tem q ser tem q ser", "deus", "coisas inexplicaveis", "realidade acima", "futuro", "beleza do imprevisto", "estrela-guia", "desejos pedidos às estrelas"????
De diariodeumfrustrado a 18 de Janeiro de 2009 às 15:49
Olá. Invade à vontade. Já ouvi falar nisso tudo mas... custa a acreditar em fantasias quando se vêem tão poucos milagres.
De Isa_ a 18 de Janeiro de 2009 às 18:06
o milagre ta feito!! se n o vês, a culpa n é minha!
De diariodeumfrustrado a 18 de Janeiro de 2009 às 18:08
Como está feito? Onde está o milagre?
De Isa_ a 19 de Janeiro de 2009 às 06:40
já pareces o keannu rives em sweet november:
"who am i??!"...

De diariodeumfrustrado a 19 de Janeiro de 2009 às 19:18
Nunca vi esse filme! Vou espreitá-lo. Se é como dizes... deve valer a pena.
De umagataqualquer a 19 de Janeiro de 2009 às 01:15
Das duas 1.
Ou não foste tu que escreveste isto, ou então até te conheces muuuuito bem.
Resta-te aproveitares o conhecimento que tens de ti próprio e aprenderes com os próprios erros. Não mudes. isso é impossível, ninguém muda, mas podes limar umas arestas...
De diariodeumfrustrado a 19 de Janeiro de 2009 às 19:19
Segunda opção: conheço-me mesmo muito bem. O problema é controlar os impulsos e os momentos em que a razão dá lugar a outra coisa qualquer e que prefiro nem dar nome. Estou a tentar aprender com os erros, apesar de muito dificilmente conseguir fazê-lo. Um dia atino... espero!

Comentar post

Eu

pesquisar

 

Setembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

Recente

438

437

436

435

434

433

432

431

430

429

Lágrimas passadas

Setembro 2015

Dezembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds