Sábado, 28 de Fevereiro de 2009

369

Sell the kids for food
Weather changes moods
Spring is here again
Reproductive glands

 

He's the one who likes all our pretty songs
And he likes to sing along
And he likes to shoot his gun
But he knows not what it means
Knows not what it means
And I say
He's the one who likes all our pretty songs
And he likes to sing along
And he likes to shoot his gun
But he don't know what it means
Don't know what it means
And I say yeah

 

We can have some more
Nature is a whore
Bruises on the fruit
Tender age in bloom

 

Sei que algumas pessoas gostam de ler o meu diário. Algumas visitas são regulares, alguns comentadores idém (o que agradeço), outros remetem-se ao silêncio e outros há que são visitas bastante esporádicas ou ocasionais. Mas há uma pergunta que me intriga: será que todos os que me lêem compreendem o que eu quero dizer com cada palavra que escrevo?


He's the one who likes all our pretty songs
And he likes to sing along
And he likes to shoot his gun
But he knows not what it means
Knows not what it means
And I say
He's the one who likes all our pretty songs
And he likes to sing along
And he likes to shoot his gun
But he knows not what it means
Knows not what it means
And I say yeah

publicado por diariodeumfrustrado às 13:12
link do post | comentar | favorito
|
15 comentários:
De Inês ;) a 28 de Fevereiro de 2009 às 13:53
Eu sou leitora assidua apesar de nem sempre comentar!
Acompanho os teus desabafos e compreendo o que sentes!
Qualquer um de nós passa por todas essas peripécias ao longo da vida.. Uns mais, outros menos... Mas hé sempre um dia em os sentimentos sã comuns!

Beijinho
De diariodeumfrustrado a 28 de Fevereiro de 2009 às 17:55
Concordo. Acho que de alguma forma os sentimentos acabam por ser comuns, seja lá qual for a situação. Isso ajuda a "normalizar" as pessoas que tendem a sentir-se diferentes.

Beijinho
De Isa_ a 28 de Fevereiro de 2009 às 15:15
até q ponto kem escreve cançoes tá consciente do poder das letras e das musicas??... o jimmy hendrix tinha dito q, bem direccionadas, sao como uma droga de efeito hipnótico...

já tenho dificuldade em distinguir o sonho do real... a dita realidade parece ela mesma um pesadelo, qd as pessoas aceitam e continuam a aceitar o q n tem sentido... por ex, guerras, suicidios, atrocidades, violencias...

mas, repito, o q eu gostava mesmo de saber é se kem canta tá consciente q o faz p alguem e q todas as letras, e palavras, nunca sao vãs... gostava de saber se as pessoas alguma vez acordarao p o aspecto de q há um sujeito e um receptor em tudo na vida e, se elas mesmas alguma vez se tornarao sujeitos... o Boss tem um novo album: "Working on a dream"...

será q a arte afinal, tb n é uma forma de manipulaçao?? ou, vista c os olhos do "espirito santo"o lado direito do cérebro, a transmissao de um sentimento universal... será q os artistas conseguem concretiza-lo através das suas obras ou, tal como eles, todos nós n passamos de seres q andam "lá perto" e nunca alcançam... morrem na praia c os sonhos interrompidos...
De diariodeumfrustrado a 28 de Fevereiro de 2009 às 17:58
Gostei do teu comentário. De facto tens razão, a percepção que o emissor tem não é a mesma que o receptor, dada a forma como o primeiro escreve e a experiência de vida diferente de ambos e não me refiro a ser muita ou pouca, mas a ser única em cada um. Não existem experiências de vida exactamente iguais, e ainda que existissem, os perfis não o eram.

A arte é uma forma de transmitir emoções ao mundo. Manipulá-lo? Só se o que transmitirmos for tão directo e tão forte que tentemos que vejam exactamente da mesma forma que nós. Caso contrário, acho que é uma forma de darmos a conhecer "outras formas de ver o mundo".

Já agora, o novo álbum do Bruce Springsteen está espectacular!
De Isa_ a 1 de Março de 2009 às 19:53
isso q dizes qto a ser "directo e forte" talvez seja o contrario da relatividade q eu comecei a detestar, principalmente no q toca ao amor: ou se ama ou n se ama, ou se deseja ou n se deseja, ou se é sincero ou n se é...

claro q a arte tem q nos fazer sonhar, senao n se chamaria arte e sim golpe, cegante, certeiro ou doloroso... se bem q alguns artistas tenham dado golpes, n só na musica como na pintura... por ex, o Max Beckmann (conheces?)... na musica, n me lembro de outro estilo mais directo q o punk dos The Clash e Ramones... Nirvana tb eram directos, embora outro estilo, no entanto se reparares bem, tratava-se de atacar a um certa forma de ser, a uma certa religiao... O kurt foi morto no auge da fama!

hoje n existe nada disso, as pessoas deixaram de ser claras e sinceras, de dizer directamente o q pensam e o q sentem e isso, embora possa ter algo de bom, acho q maioritariamente é mau!... o mundo inteiro nada no mar cinzento, quase todos escondem as suas intençoes, ocultam-se nos seus gestos, fazem de conta q sao outro alguem...

nesse caso n pode haver unidade entre corpo, mente e alma... seremos sempre incompletos...

é só isso o q eu acho!

qto aos artistas tarem conscientes da razao das letras q cantam e, pq as cantam... mesmo c meios-tons eu já me assusto pq se vejo sentido tb vejo alem dos meios tons, o q implica: ter q deixar os artista de parte, como a uma marioneta (talvez ele cante experiencias pelas quais nem passou!!) ou ter q inclui-lo e, nesse caso, deduzo q ele sabe o q faz, p kem o faz e pq o faz...

custa-me mt acreditar q os artistas, mto especialmente os do universo da musica, n passem de instrumentos de sopro... entendes-me??
De miúda a 28 de Fevereiro de 2009 às 16:09
Pertenço á classe dos visitantes diários vertente dos silenciosos. Compreendo o que dizes e encaixo-me muitas vezes na tua pele sentindo o que escreves, talvez por isso me remeta ao silencio, porque é como se não encontrasse nenhuma palavras para além da tipica palavra de apoio ou opinião sem nexo que acabaria por soar a bajulação. remeto-me ao silencio, simplesmente uma leitura assimilação e seguir esperando o dia seguinte para ler de novo. e agora pergunto-te, não é isso que fazes também muitas das vezes? ;)
***
De diariodeumfrustrado a 28 de Fevereiro de 2009 às 17:53
O que faço eu muitas das vezes? Não entendi, desculpa

***
De miúda a 28 de Fevereiro de 2009 às 18:51
referia-me a passares uma leitura por outros blogs e também não teres o habito de comentares. se o tens o erro foi meu, desculpa... :(
***
De diariodeumfrustrado a 28 de Fevereiro de 2009 às 19:00
ah! Tens toda a razão. Eu tenho por hábito visitar poucos blogues e raramente, ou praticamente nunca, comento. Não foi erro teu :)

***
De miúda a 28 de Fevereiro de 2009 às 20:37
:)

***
De acriativa a 28 de Fevereiro de 2009 às 17:34
O que interessa é que pelo menos haja 1 pessoa que entenda... tu próprio! :)
( e sim! eu compreendo - ou pelo menos penso que sim... )
bj grande
De diariodeumfrustrado a 28 de Fevereiro de 2009 às 17:59
Confesso que eu próprio às vezes tenho dificuldades em entender e nem sempre quando entendo consigo digerir o que entendo. Não é trocadilho, é mesmo esta a realidade.

Obrigado por compreenderes, ou pelo menos pensares que sim. :)

bj grande
De Trintona(inha) a 28 de Fevereiro de 2009 às 20:46
Olá

Concordo com a criativa... Haverão alturas em que penso que compreendi e não compreendi nada daquilo que tu querias dizer com as palavras que aqui colocaste... Por vezes tenho vontade de te comentar, às vezes faço-o e às vezes não porque penso não te trazer nada de positivo. Outras alturas existem em que sei que não compreendo o que dizes. Como quando, por exemplo, achas que a falha é tua quando alguém te diz coisas cruéis. Por muito que essas coisas fossem verdadeiras, penso que ninguém tem o direito de fazer crítica "desconstrutiva"...

Beijo
De Veruska a 1 de Março de 2009 às 17:18
Eu também leio o teu blog, embora não o faça com regularidade; até está nos meus FEEDS.

Raramente comento; não é por mal!
De Balzaquiana a 1 de Março de 2009 às 20:47
Pensa que quem vem até aqui o faz por vontade própria.
Se gostou, volta.
Haverá quem te entenda e quem apenas goste de te ler.
Se és ou não cmpreendido é algo que ficará sempre na dúvida...........
Um beijinho e ainda bem que não desististe!

Comentar post

Eu

pesquisar

 

Setembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

Recente

438

437

436

435

434

433

432

431

430

429

Lágrimas passadas

Setembro 2015

Dezembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds