Segunda-feira, 16 de Março de 2009

378

Hoje acordei. Acordei bem humorado. Estive anos sem me lembrar de um único sonho, mas aquela situação com a D. (ainda) tirou-me o sono e a ausência de sonho durante cerca de dois meses. Esta noite não. Esta noite foi uma das poucas vezes em que não me lembro novamente do que sonhei. Não deve ter sido com ela ou com alguém que já passou pela minha vida, caso contrário não teria acordado bem humorado. Vai na volta sonhei que vivia na Roma Antiga, mas em vez de eunucos tinha um verdadeiro harém que me mimava. É capaz, mas infelizmente não me lembro mesmo. Certo é que acordei bem humorado. Quer dizer, nunca acordo mal humorado, mas quando estou em tempos difíceis acordo "pesado", sem estar mal humorado.

O tempo prometia e decidi ir à praia. Ainda é Março e apesar do tempo ser digno de Junho, a vantagem é que era dia de semana e o português comum está a estudar ou a trabalhar. Isso facilitou-me a vida. A praia estava praticamente vazia e o tempo estava fantástico. Sempre que lá vou aproveito para fazer os meus exercícios físicos (corrida, flexões, etc). Foi o que fiz hoje. Já na caminhada final, aproximei-me das rochas. Apesar de ser adorar praia, ir sozinho por vezes aborrece e desmotiva, já não me aproximava da zona das rochas há anos, literalmente.

Encostei-me às rochas e aquele cheiro típico de mar, com areia, com rochas, com vida animal, despertaram em mim memórias dos tempos em que ia para a praia com a minha mãe e com a minha irmã. Deve estar aí a fazer 20 anos, mais ano, menos ano. Sempre que iamos para a praia, ficavamos nas rochas. Já mal me lembrava desses tempos, mas aquele cheiro característico não me saiu da cabeça e a prova foram as recordações que rapidamente me dominaram o pensamento.

Fiquei ali um bocado e lembro-me que adorava brincar com estrelas do mar, algas e caranguejos, três seres que fazia questão de atirar para cima da minha irmã, o que me valia uma carga de pancada dela mais tarde, mas valia a pena o sacrifício. Fiquei ainda mais contente quando vi um caranguejo pequenino e escuro como já não via há muitos anos.

Não fiquei mais de uma hora por lá, mas foi como se tivesse passado o dia inteiro na praia a apanhar ondas, a perseguir caranguejos e a fazer castelos de areia. Hoje as coisas são relativamente semelhantes: apanho desgostos, persigo o verdadeiro amor, mas continuo a construir castelos de areia que mais tarde ou mais cedo acabam desfeitos quer pela força de uma onda/desgosto, quer porque tanto persegui aquele caranguejo/verdadeiro amor, que acabei por cegar e não ver o castelo que havia construído, ignorando por completo o meu "eu". São castelos de areia... se fossem castelos a sério, possivelmente, para começar, concentrar-me-ia neles por inteiro e ignoraria as ondas que me deitam abaixo e os caranguejos que insistem em fugir de mim.

publicado por diariodeumfrustrado às 20:50
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De ana a 17 de Março de 2009 às 19:13
Olá meu doce amigo...eu disse que estava fã!!!!
Por uns instantes, embalei no cheiro, nas ondas e fui também atrás do caranguejo...que tranquilidade me inspirou o que li... Um grande beijo doce...
De Fada a 17 de Março de 2009 às 19:51
" Ummmmmmmmmmmmm , que bom , que bom mesmo , esse mar , essa areia , esse cheiro que tanto tenho saudades ...Que bom ouvir-te assim fiquei contente em saber que o fizes-te , por um momento acompanhei-te nesse teu passeio parabéns " Homem Mistério " afinal és um Homem a 100%......BEIJO COM SAUDADES " Fada
De Ana a 18 de Março de 2009 às 20:26
Vivo perto do mar, a cerca de 5km, mas adoro o cheiro do mar, e na ericeira, mesmo um pouco mais longe da praia existe esse cheiro a mar. Um dia, cumprirei o meu sonho, ter lá uma casa e poder cheirar o mar todas as manhãs.

*moo

Comentar post

Eu

pesquisar

 

Setembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

Recente

438

437

436

435

434

433

432

431

430

429

Lágrimas passadas

Setembro 2015

Dezembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds