Terça-feira, 25 de Agosto de 2009

389

Há dias...

 

Há dias em que tenho uma vontade enorme de poder acabar com este tormento e vazio que é a vida.

 

Há dias... muitos dias, cada vez mais dias assim. Acho que o que me segura é uma qualquer fé inconsciente que deve andar por aqui e que acredita que ainda é possível um futuro melhor. Essa fé, mesmo assim, começa a ceder ao domínio da razão que lhe expõe factos e prova, por A+B, que esta fé, tal como a outra, sem obras... é morta!

 

Há dias em que dá vontade de virar as costas e praguejar as pessoas que insistem naquele velho discurso repleto de chavões como "tens que começar a gostar de ti e acreditar num futuro melhor" como se ao longo de toda a minha vida eu nunca tivesse feito isso. Mas nunca é suficiente... o esforço que faço ou é esforço e não serve ou então é pouco, ou é qualquer coisa para nos sentirmos ainda mais inferiores... Nunca nada é suficiente...

 

As pessoas não gostam de mim, juro que não é mania da perseguição, e não consigo perceber o porquê. Não gostam, pronto. Não se dão comigo. Acham-me estranho e tratam-me como se fosse uma aberração. As pessoas no seu todo não gostam de mim e com elas também as crianças e os animais.

 

Ninguém faz ideia do quão humilhante é tratarem-me como se tivesse menos 14 anos apenas porque tenho um ar "demasiado jovem". Não fazem ideia, nem têm um mínimo de consciência e se nunca fiz reparos até hoje é porque tento relevar a situação e... podem haver problemas piores. Mas, acreditem, não matam, mas moem e muito! Farta e é humilhante!

 

Tenho muitos defeitos e falhas, mas há duas coisas que tenho a certeza que não sou: má pessoa e mau colega!

publicado por diariodeumfrustrado às 22:32
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De acriativa a 26 de Agosto de 2009 às 14:15
Olá!
De certeza que não! Ou achas que uma cambada de doidos andariam a ler o que escreves e a comentar e tentar ajudar-te a ver as coisas de outra forma?!!!
Meu querido, simplesmente acreditar em ti! Começar por não te auto-avaliares permanentemente à procura do que está mal! Pára e olha para dentro e vê as coisas boas que tens no teu coração... a começar pelo imenso amor que queres partilhar com alguém... só uma pessoa verdadeiramente boa pode ter vontade de dar o que melhor tem de si ;)
1000 bjs e just live and let live!
De Márcio Dachinko a 26 de Agosto de 2009 às 15:02
Continuas a não ouvir aquilo que tentam dizer. Continuas a não ver aquilo que te tentam mostrar.
Continuas a estar preso a uma maneira de ver idiota.
Enquanto não mudares a maneira de ver as coisas continuas a vê-las dessa maneira.
Continuas a vitimizar-te sem conseguires perceber o que se passa. Continuas a alimentar a tua tristeza sem te aperceberes das ilusões em que vives.
Queres suicidar-te para acabar com o sofrimento? Mas como podes acabar com o sofrimento matando o corpo fisico? Ao matares o corpo fisico apenas te libertas deste mundo, mas o sofrimento vai contigo.
Continuas agarrado aquilo quye não tens deixando escapar aquilo que tens.
Continuas a desvalorizar aquilo que tens...
Só tu és responsavel pela o teu estado depressivo e isso não vale a pena refutares porque existem evidencias irrefutaveis à tua volta, e eu nem conheço a tua vida nem a ti mesmo para ver isso.
Para, deixa de te centrares nas coisas que não tens e queres. Começa a ver tudo o que existe. Começa a tomar consciencia de ti mesmo.
Acredita, tu não gostas de ti... tu não te conheces...
De teetee a 30 de Agosto de 2009 às 21:14
É de facto muito fácil escrever aqui uma daquelas "patacuadas" de filosofia ou psicologia. Queria muito escapar a isso e sobretudo não parecer moralista ao escrever-te.
Começaste muito bem "há dias..." , poucos são os seres humanos que não os têm, é para isso mesmo que eles existem. O problema surge quando "esses dias" se sobrepôem aos "outros dias". E acredita que mesmo não te conhecendo de parte alguma tenho a certeza que "outros dias", aqueles que um dia te fizeram sorrir, emocionar, eles também existiram e é exactamente por esse motivo que os dias menos bons fazem doer, por querer voltar aquele estado de felicidade causado pelos "outros dias"..
Concentra-te neles, os propagues os dias maus. Eu bem sei que é mais fácil escrever quando nos sentimos tristes e faço-o mas escrevo numa folha e zás... lixo! O pensamento excessivo é tóxico, imortalizá-lo com a escrita é pior ainda, amplifica a tristeza e faz crescer os pensamentos negativos como nenhum outro fermento.
E soluções?? perguntas tu?
Tens de ser tu a encontrá-las. Pensa nas coisas que te fazem sentir feliz, mesmo aquelas que te possam parecer estupidamente parvas.. realiza-as!
Eu... Ponho a mochila ás costas, vou sem rumo. No inverno deixo-me molhar pela chuva, bebo um café quentinho à beira mar, faço festinhas ao meu gato, arrumo, limpo e troco os móveis de lugar, danço e canto no carro como se ninguém estivesse a ver-me.. sei lá...

Beijos daqui para aí

teetee
De teetee a 2 de Setembro de 2009 às 19:04
... para já sugiro que vistas qualquer merda a correr e te ponhas a andar para as festas de Palmela, boa vila, terra de bom vinho e moscatel e claro está... de boas gentes!!!

teetee
De Gipsi a 31 de Agosto de 2009 às 23:14
Olha ao teu redor, achas mesmo que as pessoas não gostam de ti? ... ou serás tu que pensas que elas não gostam?
Noutra vida, em estado de desespero, tentei acabar com a minha e descobri que independentemente da "merda" que pensamos que é a vida, há sempre algo de bom ... um sorriso, alguém que nos dá a mão, que sorri e que nos surpreende positivamente, só temos de as ver. Estamos fechados no nosso mundo e esquecemos de olhar à volta.
Aproveita o que falta do resto do verão, o sol, a praia, as esplanadas, os concertos ao ar livre, um jardim com livro e andar por aí descalço ... e não, não sou uma hippie :D
De Mariana a 17 de Setembro de 2009 às 10:08
Sinceramente, as tuas palavras tocaram-me. Podia ter sido eu a escrever isso. Meu Deus!

Como te compreendo, como sei o que sentes...

Estou sem palavras. Tu disseste tudo.
Força.


Beijinho*
De rasgandoosilencio a 2 de Outubro de 2009 às 12:12
Eu até percebo o enorme vazio que sentes... Percebo bem melhor do que possas imaginar. Estou numa fase da minha vida em que, tivesse eu um blogue, poderia perfeitamente ter escrito este post... é, até certo ponto, um espelho do que sinto hoje, apesar de ser uma pessoa facilmente "gostável"... Mas, da mesma maneira, em que "imponho" a mim mesma ser mais positiva, tens também de pensar que as tuas qualidades não se resumem a seres boa pessoa e bom colega... Seria demasiado redutor.... "Olha" bem para dentro de ti... És MUITO mais do que isso, acredita... Vá... sorrisinho desse lado... (enfim, isto tudo o que escrevi é também um incentivo para mim própria... é uma espécia de auto-terapia, entendes?... Porque, acredita, Rodrigo, as últimas semanas foram emocionalmente muito desgastantes... mas eu recuperar... prometi a mim própria que vou... como tu também vais... é só quereres...)
De rasgandoosilencio a 2 de Outubro de 2009 às 12:34
Ah, eu sei que não sou ninguém para estar a fazer-te um pedido, ou melhor, uma sugestão... Mas vou ter essa ousadia: já pensaste, alguma vez, em mudar o nome do blogue?... Mmmm? É que "Diário de um Frustrado" é, por si só, demasiado "para baixo"... Vá, toca a pensar noutro nome que traga mais optimismo, mais força, mais vontade... prometes?...
De rasgandoosilêncio a 10 de Outubro de 2009 às 12:14
Vá... 'bora lá pensar noutro nome para o blogue, prometes?... "Sobe e canta"...
Um beijinho e bom fim-de-semana.
De Su a 30 de Outubro de 2009 às 18:49
podes crer. ás vezes pergunto-e se tenho uma chiclete colada no cabelo, ou assim. é horrível ver as pessoas a ficarem desconfortáveis...
De wendelsampaio a 20 de Janeiro de 2010 às 19:26
minha amiga indicou este blog, deve ser a maneira que ela tem de me dizer que eu não estou sozinho neste lugar

Comentar post

Eu

pesquisar

 

Setembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

Recente

438

437

436

435

434

433

432

431

430

429

Lágrimas passadas

Setembro 2015

Dezembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds