Terça-feira, 7 de Abril de 2009

384

Amigos,

 

é positiva a vossa dedicação às vossas namoradas/mulheres, porém, lembrem-se que todas elas surgiram depois dos vossos amigos, aqueles que, sempre que elas vos massacraram e fizeram das suas, estiveram do vosso lado; aqueles que sempre continuaram convosco mesmo quando as vossas vos deixaram ou se portaram mal; aqueles que vos mostraram que erraram quando foram injustos e/ou incorrectos com elas; aqueles que já estavam convosco quando vocês ainda nem sonhavam que ia aparecer na vossa vida as vossas actuais companheiras.

 

Amigos, preocupa-me chegar a estar semanas sem vos ver, quando moramos a escassos quilómetros uns dos outros. Custa-me ainda saber que os temas de conversa entre nós começam a esgotar com alguma facilidade e custa-me ainda que alguns nem um telefone consigam atender. Lembrem-se que já tiveram amigos e ainda os têm e não negligenciem a amizade, por favor, pois os amigos não existem para quando as vossas namoradas/companheiras não estão convosco ou querem estar com as amigas delas. Os amigos não são subsidiários, lembrem-se disso!

publicado por diariodeumfrustrado às 21:28
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Sábado, 4 de Abril de 2009

383

Há uma coisa que me faz impressão. Gosto de brincar com as pessoas e recorro com alguma frequência a metáforas sexuais, por vezes sem motivo aparente. Porém, recorro ao sexo como alguns recorrem a outros temas. O que me faz confusão é o pudor com que muita gente reage, nomeadamente mulheres, a essas situações. Quando brinco ou conto alguma piada, faço-o porque eu acho graça e não peço que se riam por simpatia. Aliás, nem sequer peço que se riam. Gosto de atirar a minha deixa só porque sim. Mas se por um lado não exijo que se riam ou reajam, até porque eu sou assim por natureza, também não peço que me olhem com desprezo como se as coisas que eu dissesse fossem um contributo para a fome no mundo. Porquê tanto pudor com coisas básicas e simples?! Porque é que o sexo ainda incomóda tanta gente?! Porque é que em Portugal, em pleno século XXI, ainda existem as "meninas de bem" que não suportam uma boca relacionada com sexo?! Terei que ser forçosamente considerado tarado só por isso?! É como a tal história do nazi-indiano-putanheiro: interressei-me por temas relacionados com racismo e extrema-direita, logo, sou nazi e extremista; sei porque é que as indianas têm um sinal na testa, logo, devo ter família indiana; sei algumas coisas sobre a "noite", logo, sou putanheiro; atiro umas bocas sobre sexo, logo, sou tarado. Não consigo perceber, juro que não consigo...

publicado por diariodeumfrustrado às 21:58
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Eu

pesquisar

 

Setembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

Recente

438

437

436

435

434

433

432

431

430

429

Lágrimas passadas

Setembro 2015

Dezembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds