Terça-feira, 27 de Novembro de 2007

77

Mulheres mais velhas. Pequena fantasia ou grande problema? Depende de a quem nos refiramos. Como já aqui disse, já tive mulheres mais velhas que eu, não pela idade ou pela fantasia em volta delas, mas porque realmente se gerou um ambiente que propiciou a que tal acontecesse. Nesse ponto, não posso falar em "ter tido mulheres mais velhas", mas referir-me a elas como mulheres que eram, tal como as que já tive. Estas, sim, eram vistas como relações sérias e não como fantasia.
No entanto, já as houve que mais não eram do que "fuck friends" e aí a pequena fantasia pode gerar um grande problema. Desde logo faço referência à X. com quem após algumas conversas marcámos um jantar só para nós. Depois do jantar, conversa puxa conversa, gesto puxa gesto e lá estávamos nós enrolados. É verdade, esta do "conversa puxa conversa, gesto puxa gesto" foi uma desculpa triste, mas espero que me seja permitido dá-la para ver nela um mínimo de consolação e não pensar hoje "onde é que eu estava com a cabeça?".
Enrolei-me dessa primeira vez com a X. e voltei a enrolar-me uma segunda (afinal a desculpa anterior já não pega). Mais uma vez... aconteceu. O problema veio depois. Segui à minha vida e ela até era interessante na cama, por isso, esperava empurrar esta situação até onde desse e até onde ambos permitíssemos.
Aconteceu que durante uma conversa que estávamos a ter, ela decide convidar-me para jantar novamente. Até aí tudo normal, e era previsível a "terceira" vez. Porém, qual não é o meu espanto quando ela me diz "um dia destes tenho que te apresentar à minha filha". Congelei por segundos. Quando volto ao estado normal começo a pensar no porquê e não encontro resposta: ela não estava a tentar fazer o arranjinho entre mim e a filha, até porque a filha dela tinha 15 anos na altura, acabados de fazer. Eu tinha mais, alguns anos mais! Eis que lhe pergunto "à tua filha? Mas porque é que me queres apresentar à tua filha?" e a resposta dela foi "quero apresentar-te como meu namorado e quero que ela saiba que a nossa relação é séria". Se com a pergunta congelei, e demorei a descongelar! Sabem aquelas imagens como dão nos filmes de um alarme com uma luz vermelha a piscar e a fazer barulho por todos os lados? Foi precisamente o que me apareceu naquele momento, com o dizer "S.O.S."!
Ela estranhou o meu silêncio e começou "então? O que foi?" e eu digo, para não a deixar ficar mal, "estou a pensar que é importante o que queres fazer. Teres essa ligação com a tua filha sensibiliza-me e só mostra que és uma grande mulher". Claro que depois do pânico passar tive que me desmarcar subtilmente com um "olha, hoje não posso jantar convosco, e amanhã também não, mas esse jantar vai mesmo ter que sair". Telemóvel desligado e nunca mais o voltei a ligar. Não consegui lidar com o assunto e não esperava que ela estivesse a ver uma relação séria onde só parecia haver sexo.
Neste tipo de situações a sorte é que elas nunca saibam onde moramos e arranjarmos um cartão só para "fuck friends", "possíveis fuck friends", etc. Basicamente, é arranjar um cartão de telemóvel e colocarmos lá a inscrição "possible trouble". Pronto! Fica este género de cartão reservado para pessoas que não sabemos bem como são, do que são capazes, o que querem, etc. Se acontecer alguma coisa e se a relação ficar séria, então podemos dar "o número", aquele que toda a gente tem, inclusivamente os nossos amigos mais próximos, conhecidos, colegas, família. Até lá levam "o outro". É a melhor maneira de se evitar ter alguém a ligar-nos às 4 da manhã a dizer que tem saudades nossas quando houve uma confusão entre aquilo que sentimos e aquilo que a pessoa gostaria que sentíssemos e que nós nunca lhe demonstrámos. Se a pessoa não souber a nossa morada, é ainda uma forma muito eficaz de impedir que nos façam esperas de carro à porta ou nos apareçam à janela a gritar "Amo-te! Tens que ficar comigo". Acreditem, por vezes é preciso ter sangue frio para não magoar mais ainda quem já se começou a magoar sozinho.
publicado por diariodeumfrustrado às 17:50
link | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Eu

pesquisar

 

Setembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

Recente

438

437

436

435

434

433

432

431

430

429

Lágrimas passadas

Setembro 2015

Dezembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds